quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Confessionário urbano - texto 6 Mulher nº 4 - Amante esposa

Uma rival em potencial.

4 comentários:

  1. Bonito e triste texto. O que me instiga é vc captar e descrever uma história que não pode ser sua. "Morta em vida sem ninguém perceber". Conheci isso. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. até agora a melhor.

    acredito que pela forma como a personagem se vê, tem uma história triste, mas mostrou aceitar o que vive, e ela não parece mesmo entristecida.
    Mesmo com medo e desesperada, ela parece apenas viver.

    parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Muito triste. Uma mulher morta em vida, priosioneira da solidão. Se eu fosse um pouco mais sensível, teria chorado por ela. Mas as minhas próprias dores embruteceram meu coração.

    ResponderExcluir